Não aceite ter uma vida razoável | Lições de uma Pessoas que superou o Medo para Fazer coisas Incríveis.

Não aceite ter uma vida razoável.

O meu maior medo é passar por essa vida e ter feito menos do que eu poderia fazer por mim e por outras pessoas.

Em um belo dia eu decidi não viver menos do que extraordinariamente a minha vida, e de lá para cá muitas coisas mudaram para melhor.

Eu não sou tão experiente ainda, tenho apenas 22 anos, mas após anos trabalhando para outras pessoas, eu percebi que não nasci para aquilo, que minha missão no mundo era muito mais do que só aquilo.

E anos atrás eu estava como a musica diz, deixando a vida me levar. Eu estava sem nenhum proposito de vida.

Então desde os 19 anos eu me propus a evoluir a cada dia o máximo que eu puder para ajudar outras pessoas a transformarem suas vidas. Assim como eu venho evoluindo a cada dia.

E coisas memoráveis vêm acontecendo, eu criei o habito de ler, de escrever, e a mais recente incrível que aconteceu foi conseguir gravar vídeos, pois eu era muito tímido.

Se há anos atrás me dissessem que eu estaria hoje fazendo isso, eu não acreditaria, pois era algo bem distante para mim, eu odiava ler, e escrever eu gostava muito menos…

Você deve esta se perguntado como fiz para isso acontecer!?

E simplesmente o que aconteceu foi que eu forcei o meu cérebro a trabalhar para criar uma vida extraordinária para mim, e automaticamente ele me fez gostar de ler, e escrever.

Eu decidi que não viveria uma vida razoável, de ter que trabalhar 40 horas ou mais por semana para outra pessoa para ganhar um salario medíocre no fim do mês.

Sem poder impactar vidas

E você, tem feito o que da sua vida? Por que não esta vivendo o máximo que você pode sua vida, e realmente fazer algo para deixar o seu legado para o mundo?

Você acha que não consegue?

Deixa eu contar algo realmente incrível, você conhece Jon Morrow?

Não Aceite ter uma Vida Razoável

Jon morrow é um das pessoas mais surpreendentes que conheci através da internet, ele é blogueiro profissional, dono do SmartBlogger.

Mas o que tem de especial nele?

Ele simplesmente tornou esse blog um dos mais importantes do mundo, fazendo mais de milhões por ano, já ajudou a outros blogs milionários também a crescer, como o copyblogger.

Sem poder mexer nem um membro do seu corpo, além de sua boca e olhos…

Sim ele fez isso, clique aqui para ler um belo artigo dele sobre como ele conseguiu fazer isto.

Como ter uma vida incrível?

Algumas palavras do Jon sobre o que aconteceria se ele tivesse aceitado ter uma vida razoável

Para você entender melhor, o texto que colocarei abaixo, o Jon está contando como que ele teve coragem para ir pro México sem dinheiro, e porque ele não aceitou ter uma vida razoavelmente segura nos EUA.

“ De vez em quando, alguém me pergunta como encontrei a coragem de me mudar para o México sem dinheiro, sem amigos e sem plano de apoio. Há um zilhão de maneiras diferentes que poderiam ter dado errado. Eu poderia ter sido assaltado e assassinado por ladrões ao longo da estrada, enganado por funcionários da imigração, ou morrido de fome porque eu não podia comprar comida. Vamos enfrentá-lo, o México pode ser um lugar perigoso, e se mudar para lá na minha condição foi insanidade absoluta.

Eu sabia disso. Eu nunca fui uma daquelas pessoas delirantes que acha que nada de ruim vai acontecer com elas. Pelo contrário, eu tinha certeza de que estava prestes a morrer e fiquei apavorada. Quando atravessamos a fronteira, eu estava suando e tremendo tanto que estava preocupado que os caras da imigração pensassem que eu estava drogado.

Então, por que eu fiz isso? Por que não voltei para a relativa segurança dos EUA?

Bem, meu processo de pensamento foi assim:

Preocupação:  eu poderia ser enganado por funcionários de imigração.
Resposta: É  verdade, mas ainda é melhor do que morrer em uma casa de repouso.

Preocupação:  Eu poderia ser morto por ladrões ao longo da estrada.
Resposta: É  verdade, mas ainda é melhor do que morrer em uma casa de repouso.

Preocupação:  Eu poderia morrer de fome porque não posso comprar comida.
Resposta: É  verdade, mas ainda é melhor do que morrer em uma casa de repouso.

Em outras palavras … sim, eu estava apavorada, mas uma triste e silenciosa morte em uma casa de repouso me aterrorizava mais. Eu conscientemente e deliberadamente aproveitei esse medo, usando-o para me impulsionar a fazer coisas que todos pensavam que eram insanos.

E é assim que a coragem funciona. As pessoas que consideramos heróis não têm uma habilidade mística de transcender o medo. Para eles, a alternativa para agir é simplesmente inaceitável. Eles fazem o que precisa ser feito, não porque querem, mas porque sentem que não há outra escolha.

O mesmo para mim. Para conseguir agir, não meditei, limpei minha mente e continuei a fazer o impossível com calma e confiança. Acordei todas as manhãs e imaginei o que aconteceria se não agisse. Eu imaginava o monitor cardíaco, a enfermeira, meu corpo sendo empurrado para as chamas. Eu deliberadamente me coloquei em um estado de terror tão intenso que tudo o que eu tinha que fazer parecia controlável em comparação.

Está escuro, eu sei, mas também é um imenso segredo. Se você se encontra paralisado pelo medo, a única saída é encontrar algo que te assusta mais . Imagine o que acontecerá se você não fizer nada, tornar tão real em sua mente que você está prestes a pular para fora de sua pele, e então aproveitar essa energia para fazer as coisas loucas que você precisa fazer.

Para ser claro, não estou sugerindo que você viva sua vida com medo. No momento em que você se deparou com a situação impossível, pare de se torturar. Adopte uma atitude positiva e continue a sua vida.

Mas se você está apenas tentando sobreviver?

O medo é combustível. Então, queime, baby, queime.

Não Aceite ter uma Vida Razoável

O mundo está cheio de pessoas que lhe dirão para “ser razoável”. Você deve ter objetivos razoáveis, expectativas razoáveis, uma atitude razoável.

Mas ouça …

Seria razoável eu desistir de todos os meus benefícios do governo e me mudar para um país que não é exatamente conhecido por seus cuidados médicos estelares?

Seria razoável trabalhar 40 horas por semana para uma empresa que não me pagasse um centavo?

Seria razoável para mim começar um negócio quando o fracasso significaria morrer de fome nas ruas do México?

Não. Foi realmente muito louco.

Que tal usar todo o seu potencial para impactar outras pessoas?

Muitas pessoas deixam o mundo tornarem-nas opacas, sem brilho, tímidas no seu canto. Eu mesmo era assim, até tomar coragem e ser protagonista da minha própria vida.

Todos nós podemos ser luz, protagonista da nossa própria vida, não deixe de fazer algo que você gosta, ou que acredita por meda do que outras pessoas possam falar do julgamento delas. Esse é o papel de um empreendedor raiz.

Seja Foda.

Era isso que eu tinha pra compartilhar com vocês hoje, espero que tenha conseguido inspirar vocês a ser uma pessoa melhor.

Abraços, Marcos Junior.

 

Deixe uma resposta